Radio Online Rádio Villa Mix Ouça o melhor da música em nosso site!
Português Italian English Spanish

Brasil é campeão da Copa América e Bolsonaro recebe vaias e aplausos no evento

Brasil é campeão da Copa América e Bolsonaro recebe vaias e aplausos no evento


O jogo

Com fortes doses de dramaticidade e euforia, a seleção brasileira cumpriu sua missão, ou melhor, sua obrigação. Assim como na última edição em casa, há 30 anos, levantou o troféu da Copa América no Maracanã, o templo do futebol nacional, ao bater o surpreendente Peru por 3 a 1, na tarde deste domingo, 7, com Gabriel Jesus como protagonista, para o bem e para mal. Pode não ter sido o torneio dos sonhos – na realidade foi um fiasco em relação à organização e até, de forma geral, à qualidade dos jogos –, mas o saldo para o Brasil é positivo: fez 13 gols, levou apenas um, do peruano Paolo Guerrero, e retomou a coroa do continente depois de longos 12 anos. Foi o nono título continental do Brasil, o quinto em casa. O país pentacampeão mundial segue atrás de Uruguai (15 troféus) e Argentina (14) na lista de maiores vencedores da Copa América.

Bolsonaro

Era para ser a apoteose do show orquestrado por ele próprio no Maracanã. Mas no minuto em que a figura do presidente Jair Bolsonaro foi projetada nos telões do estádio da final da Copa América, durante a cerimônia de premiação da competição, uma sonora vaia tomou conta do palco da grande decisão, vencida pelo Brasil por 3 a 1 sobre o Peru. A grande maioria dos 69.986 espectadores do Maracanã reprovou a presença do político na celebração, como aconteceu tantas vezes com a ex-presidente Dilma Rousseff, embora tivesse quem o aplaudisse entre os presentes. Um tímido grito de “Mito! Mito!” não ganhou coro e foi rapidamente abandonado.

Fonte: A voz do campo